Le site Tlaxcala est de nouveau en ligne !
The Tlaxcala site is online once again!
La página web de Tlaxcala está de nuevo en línea!
Die Website von Tlaxcala ist wieder online!
http://www.tlaxcala-int.org

Saturday, 7 February 2015

AGRESSÃO RUSSA AGRESSÃO RUSSA AGRESSÃO RUSSA AGRESSÃO RUSSA AGRESSÃO RUSSA AGRESSÃO RUSSA AGRESSÃO RUSSA AGRESSÃO RUSSA AGRESSÃO RUSSA

por Pepe Escobar, 6/2/2015
Traduzido pelo Coletivo de tradutores Vila Vudu
 Não se sabe grande coisa do tenso encontro em Moscou, entre a Medusa Merkel, o general Hollande e Vlad.
Mas John Kerry, como sempre, já está nas telas mentindo sem parar sobre a viagem da dupla até o Kremlin.

Kerry disse que Putin enviou “algumas poucas ideias” à França e Alemanha, e Merkel/Hollande estariam respondendo. Nonsense.
Merkel/Hollande – em total desespero – correram até Moscou para falar com Putin, porque Putin é quem tem o ÚNICO plano possível para estabilizar a Ucrânia – e já o tem, verdade seja dita, há meses. Sem essa solução, HAVERÁ guerra, que é precisamente o que os ‘cérebros’ do Império do Caos em Washington desejam.
Kerry mentiu deslavadamente quando disse que os EUA quereriam uma solução diplomática. ENTÃO imediatamente voltou à conversa de sempre de “revisar todas as opções”, inclusive a “possibilidade de fornecer sistemas defensivos à Ucrânia.”
Faça isso – e a resposta dos russos será devastadora.



Não surpreende que a absoluta maioria da União Europeia – exceto os lituanos doidos – oponha-se a fornecer armas aos facínoras de Kiev.
O Süddeutsche Zeitung – jornal muito decente – mostrou um especialista russo em questões militares, Yevgeny Buchinsky, alertando que, se fizerem tal coisa, “a  Rússia terá de intervir e, dito sem meias palavras, tomar Kiev. Nesse caso, a OTAN ficará em situação difícil. E rapidamente vocês terão iniciado a 3ª. Guerra Mundial, que ninguém deseja.”
Pode parecer um pouco Dr. Fantásticano demais – mas o Süddeutsche Zeitung acertou na mosca ao enfatizar que, se Washington armar os facínoras de Kiev, a Rússia interpretará o movimento como declaração de guerra.
Publicamente a Medusa Merkel diz que é contra. Mas o Chocolateshenko está totalmente histérico: “Não tenho dúvidas de que os EUA e outros parceiros nos ajudarão com armamento letal, para que a Ucrânia consiga defender-se.”
Se acontecer, será o inferno na terra. A Rússia agirá. E Império do Caos pôr-se-á a gritar “nova agressão russa”, a imprensa-empresa fará o eco. A escalada será inevitável. E cada um escolha o cavalo que prefira, para apostar.
Como se poderia prever, a imprensa-empresa ocidental já se pôs a gritar que a debacle inteira teria acontecido por MEDO DO DIABO (de Vlad). Os medos são visivelmente aparentemente rampantes em Bruxelas e em várias capitais europeias (entre os palhaços políticos, claro; NÃO nas ruas).
A retórica é imunda, pior que imunda.
Carl Bildt, ex-ministro de Relações Exteriores da Suécia, disse que a “guerra entre Rússia e o ocidente” já é agora CONCEBÍVEL.
General Hollande falou do risco de “guerra total”, em conversa com jornalistas.
General Sir Richard Shirreff, top bananão britânico, digo, “comandante” da OTAN até março passado, disse que se deve enviar “mensagem forte” a Putin, se A EUROPA CONTINENTAL [orig. MAINLAND EUROPE] (!!!) quiser evitar “guerra total”.
Rasmussen “Fog da Guerra” – a Volta dos Mortos Vivos! – disse que Putin pode expandir o “revisionismo soviético” até a OTAN e a União Europeia. Nos Bálticos, disse que Putin muito apreciaria um pouco de exercício em “guerra híbrida”.
Na 2ª-feira haverá mais sanções (pequenas) da União Europeia. As sanções econômicas linha-dura contra bancos e empresas russas só caducam em julho.
Até os burocratas da União Europeia admitem – off the record – que as sanções são ridículas, sancionando de fato a União Europeia que perde 15% do que exportava para a Rússia. Os britânicos, previsivelmente – as sombras do Grande Jogo nunca morrem –, lideram a turma pró-sanções.
Algum idiota que se faz passar por “editor de Europa” do Grauniad (onde será que encontram essa gente? Embebedando-se num pub depois de jogo do Arsenal?) escreveu que “Putin é visto cada vez mais como jogador desalmado, que blefa e corre riscos, e é inescrutável, paranoico e imprevisível.” Parece coluna pré-redigida por um daqueles picaretas do Departamento de Estado.
E mais e mais conversa do mesmo tipo, na mesma toada: o verdadeiro pesadelo para a Europa não é a Ucrânia, mas Vlad, o Demônio. NINGUÉM tem coragem para criticar o Império do Caos.
E assim voltamos à…
... AGRESSÃO RUSSA AGRESSÃO RUSSA AGRESSÃO RUSSA AGRESSÃO RUSSA AGRESSÃO RUSSA AGRESSÃO RUSSA AGRESSÃO RUSSA AGRESS

No comments: